20 manequins hiper-realistas são colocados em todo o mundo para mexer com as pessoas

O artista estadunidense Mark Jenkins é quem fez os bonecos sem rosto, que foram colocados em locais estratégicos de cidades ao redor do mundo. Com poses representando situações inusitadas, os personagens com vestimentas e corpos extremamente realistas, uma verdadeira obra de arte, buscam geralmente promover uma crítica social e fazer com que os que por ali passam tenham uma opinião crítica quanto ao meio em que vivem.

“Teatro Urbano” é como Jenkins chama essa monografia. As instalações acabam trazendo reações inesperadas de quem as vê quando passa por elas, despertando desde curiosidade até o próprio medo. Veja abaixo 20 destas peças:

01: 

02: 

03: 

04:

05: 

06: 

07:

08:

09:

10:

11:

12:

13:

14:

15:

16:

17:

18:

19:

20:

16 invenções bem legais, mas que geram muitas dúvidas, não?

14 ideias que só poderiam ter sido criadas por “grandes gênios” brasileiros